“Bacurau”, novo triunfo do cinema nacional

Mesmo sem ter conseguido uma vaga para representar o Brasil na indicação ao Oscar (perdeu para o filme “A vida invisível”, do diretor Karim Aïnouz), mesmo assim foi laureado com o prêmio do Júri no Festival de Cannes, na França: o filme nacional “Bacurau”, realizado pelos diretores Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, que trabalharam em parceria, é aclamado por vários críticos nos sites especializados em cinema e bate recordes de público com salas lotadas e emplacando três semanas em cartaz em várias cidades. Filmado no interior do Nordeste, às proximidades da Paraíba, e com muitos atores amadores, o longa é um misto de Western, ficção cientifica, “Tarantino” e um pouco do nosso saudoso cineasta Glauber Rocha. O filme surpreendeu vários críticos que o elegeram como um dos mais criativos e dinâmicos filmes brasileiros dos últimos tempos. No elenco também há participações das estrelas Sonia Braga, Udo Kier e Bárbara Colen. Alguns observadores o consideram bem realista e uma experiência única. A fotografia também é um show a parte. Observadores o consideram “imperdível”

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXE SEU COMENTÁRIO