Cinema mundial perde o diretor Franco Zeffirelli

Faleceu na madrugada deste sábado (15), em sua residência em Roma na Itália,  o cineasta Franco Zeffirelli aos 96 anos. Zeffirelli vinha atravessando graves problemas de saúde nos últimos anos. “O mundo perdeu um dos maiores homens da cultura.” disse o prefeito de Florença, cidade natal do diretor. Realizou apenas 20 longas mas obteve reconhecimento de público e crítica, com filmes memoráveis como “Romeu e Julieta” (1968), “Irmão Sol, Irmã Lua” (1972), “O campeão” (1979), “Amor sem fim” (1981), “Hamlet” (1992), além da prestigiada serie que ele realizou para uma rede de TV italiana, “Jesus de Nazaré” (1977), Zeffirelli que foi coroinha e católico convicto, condenou severamente o filme “A última tentação de Cristo” do diretor Martin Scorsese realizado nos anos 90. Ele também dirigiu mais de trinta peças de teatro e óperas, foi amigo e grande admirador da famosa cantora de ópera “Maria Callas”, sobre a qual ele dirigiu um longa semi biográfico, “Callas forever” em 2002. Por seus trabalhos relacionados a obra de William Shakespeare, recebeu em 2002 o título de “Sir” na Inglaterra. também foi indicado ao Oscar duas vezes e Senador com dois mandatos pelo partido “Força Itália”.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios