Deputado apóia aquisição de armas nucleares para fortalecer mais o Brasil

O filho do presidente Jair Bolsonaro, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL), presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, disse, nesta terça (14/05), que apoia que o Brasil possua armas nucleares, pois acredita que o país seria mais respeitado por outras nações se tivesse um poder bélico mais forte. Eduardo Bolsonaro fez essa declaração em meio a uma palestra na câmara para alunos do Curso Superior de Defesa da Escola Superior de Guerra. “Se tivessemos caças e submarinos nucleares, ou seja: uma força bélica maior, talvez fossemos levados mais a sério por nações como a Venezuela, a China ou a Rússia”. Durante a palestra, o filho do presidente Bolsonaro citou o acordo de não proliferação de armas nucleares, que foi assinado pelo Brasil em 1998. O Brasil sofreria uma série de sanções caso violasse este acordo, além de ir contra a Constituição, que prevê, no artigo 21, o uso de energia nuclear apenas para fins pacificos em nosso país. Eduardo Bolsonaro acredita que esse tema deve ser revisto um dia.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Artigos relacionados

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios