Ex-goleiro Bruno conquista direito ao regime semiaberto

O conhecido ex-goleiro e atual presidiário Bruno Fernandes das Dores de Souza ganhou o direito de ir para o regime semiaberto. Ele está condenado a 20 anos e nove meses de prisão pelo assassinato da modelo Eliza Samudio, o ex-atleta conseguiu progressão da pena.

Em outubro de 2018, ele foi flagrado pela TV Alterosa em um bar na companhia de mulheres e com uma lata de cerveja em cima da mesa, no horário em que ele deveria trabalhar, conforme o regimento do Sistema Prisional. Com isso ele perdeu o direito de trabalhar e voltou ao regime fechado.

A decisão do semiaberto foi concedida pelo juiz Tarciso Moreira de Souza, da 1ª Vara Criminal e de Execuções Penais da comarca de Varginha, em Minas Gerais. Bruno “satisfaz as exigências subjetivas e objetivas para a concessão da progressão de regime para o semiaberto”, disse o juiz.

Após a decisão o ex-goleiro vai passar ainda por uma audiência de instrução “para fixação das condições”. Vale lembrar, que Bruno é obrigado a comparecer até o dia 10 de cada mês para atualizar endereço e prestar contas das suas atividades, demonstrar em 30 dias que está trabalhando, com cópia da carta de emprego ou da carteira de trabalho, ou justificar a impossibilidade. Caso não consiga um trabalho, ele terá de prestar serviço em obra ou instituição pública pelo menos por uma hora por dia ou sete horas semanais.

O goleiro foi condenado em 2010 pela morte de Eliza Samudio e por sequestro e cárcere privado do filho Bruninho. Ele cumpre pena desde abril de 2017 em Varginha.

Fonte: DOL

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXE SEU COMENTÁRIO