Governo inaugura Hospital Abelardo Santos, o maior da rede pública no Pará

O Governo do Pará entrega, nesta quinta-feira (19), às 10h, o Hospital Regional Dr. Abelardo Santos, no distrito de Icoaraci, o maior hospital público do Pará. A unidade de saúde estava em obras desde junho de 2013 e, agora, abre as portas, ampliando e melhorando os serviços de média e alta complexidade oferecidos à população da Região Metropolitana de Belém, Tocantins e do Marajó, alcançando 3,5 milhões de habitantes de 31 municípios. Para a cerimônia de inauguração, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, vem à Belém. Na ocasião, serão anunciados investimentos para a saúde pública do Estado.

Em dezembro de 2018, o hospital “Abelardo Santos” havia sido entregue e deveria iniciar suas atividades mas, no dia três de janeiro de 2019, o governador Helder Barbalho vistoriou as obras na unidade e constatou que vários serviços precisavam ser executados para que ela fosse inaugurada de fato. Mesmo após seis anos, ainda faltavam ser instalados geradores de energia; o centro de esterilização de materiais; a farmácia hospitalar e outras instalações de infraestrutura indispensáveis ao funcionamento do hospital.

O “Abelardo Santos” possui mais de 28 mil m² e oferecerá, nesta primeira fase, 269 leitos, dentre os quais 60 leitos em Unidades de Terapia Intensiva (20 pediátricos, 20 neonatais e 20 adultos) e 30 leitos em Unidade de Cuidados Intermediários (UCI Neonatal).

A partir do dia 20 de setembro, o hospital atenderá urgência e emergência em obstetrícia porta aberta; e urgência e emergência referenciada por outros serviços de saúde (Prontos-Socorros e UPAs), em Pediatria, Clínica Cirúrgica e Clínica Médica.

Outros serviços estarão disponíveis a partir de 1º de outubro, como Raio-X, Tomografia, Mamografia, Ultrassom e exames laboratoriais, consultas eletivas em pediatria clínica e médica e ginecologia e obstetrícia para pacientes externos regulados pela Central Estadual.

Em 90 dias (janeiro), será iniciado o atendimento em Nefrologia, com 25 máquinas de hemodiálise, com capacidade para atender a 150 pacientes em três turnos, além de suporte hospitalar 24h para intercorrências de pacientes renais crônicos. Ao mesmo tempo, passa a ser oferecido o serviço de Urologia Clínica e Cirúrgica.

Ampliação – Na terceira fase de implantação do hospital, mais 100 leitos serão ofertados para a inserção das especialidades de Reumatologia, Hematologia, Gastroenterologia, Neurocirurgia e Cirurgia Angiovascular.
Quando estiver funcionando em sua totalidade, o Hospital Regional “Abelardo Santos”, por meio do seu Ambulatório de Especialidades, trabalhará, principalmente, na prevenção e diagnóstico precoce de doenças como a insuficiência renal crônica, a hipertensão arterial, o diabetes, e no controle da obesidade infantil e adulta.

(Com informações da Secom/Agência de Notícias Gerais)

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXE SEU COMENTÁRIO