Jornalismo e cinema nacionais perdem Rubens Ewald Filho

O famoso jornalista e crítico de cinema, Rubens Ewald Filho, faleceu na tarde da última quarta feira (19/06), aos 74 anos, após ficar hospitalizado por quase um mês no hospital Samaritano de São Paulo. Devido as graves fraturas que sofreu, em virtude da queda de uma escada rolante, após sofrer uma vertigem súbita, Rubens Ewald foi hospitalizado
Rubens Ewald era um dos mais renomados e respeitados críticos de cinema no Brasil. Por mais de vinte anos, comentou e narrou grandes momentos da cerimônia do Oscar na TV, também escreveu livros e guias de filmes para cinéfilos nos anos 80, quando o video cassete era uma febre no país. Foi conceituado roteirista de novelas e ator em alguns filmes como: “Amor estranho amor” e “Independência ou morte”. Rubens Ewald nasceu na cidade de Santos, em 1945, e começou a carreira em programas de rádio. Tinha uma memória extraordinária, participou de vários festivais de cinema famosos como o de “Cannes”, fazendo entrevistas com cineastas e atores consagrados. Seu corpo foi velado nesta quinta (20/06), na Cinemateca Brasileira, e sepultado no cemitério dos protestantes, em São Paulo, no fim da tarde.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXE SEU COMENTÁRIO