Maioria se opõe a plano de Bolsonaro para o trânsito, diz Datafolha

Bolsonaro entregou em 4 de junho à Câmara projeto que muda regras para obtenção e suspensão de CNH

Uma Pesquisa feita pelo Datafolha e foi divulgada nesta 2ª feira (15.jul.2019 ) mostra que a maior parte da população reprova as medidas do projeto de lei do presidente Jair Bolsonaro que afrouxa a fiscalização de trânsito.

O levantamento mostra que 56% são contra dobrar o número de pontos (de 20 para 40) na carteira que levam à suspensão do direito de dirigir, 68% são contra o fim da exigência de cadeirinha para crianças nos veículos e 67% são contra acabar com os radares que fiscalizam o excesso de velocidade nas estradas federais.

Segundo o Datafolha, as medidas também são rechaçadas por parte dos eleitores de Bolsonaro. O fim da multa para para transporte de crianças sem cadeirinha, por exemplo, tem o apoio de apenas 35% dos bolsonaristas. Outros 63% são contra.

A pesquisa foi feita com 2.006 pessoas em 130 municípios brasileiros nos dias 4 e 5 de julho. A margem de erro é de 2 pontos percentuais e o nível de confiança é de 95%.

O levantamento mostra que 56% são contra o plano de aumentar de 20 para 40 o limite de pontos da carteira de habilitação. Apenas 41% são a favor. Entre os eleitores de Bolsonaro, a mudança tem o apoio de 52%. Outros 45% são contra.

Entre os eleitores de Fernando Haddad (PT), a alteração tem rejeição de 71%. São a favor da proposta 26%.

Fonte: MSN

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXE SEU COMENTÁRIO