Novo filme de John Wick liberta Keanu Reeves da imagem de Neo (Matrix)

O filme “John Wick – Parabellum”, que estreou esta semana nos cinemas, parece, finalmente, libertar o ator Keanu Reeves da imagem do herói Neo, da trilogia de ficção cientifica “Matrix”, sucesso no final dos anos 90. O personagem John Wick, um matador de aluguel semi aposentado, surgiu timidamente no filme “De volta ao jogo”, em 2014. O filme não tinha grandes pretenções na época do lançamento, mas o carisma do anti herói e as cenas de ação agradaram bastante os fãs de filmes de ação, o que rendeu sua continuação em 2017, igualmente bem sucedida. A terceira parte que estréia agora traz cenas de lutas com coreografias que lembram os filmes do diretor oriental John Woo, nos anos 90. O novo longa traz, ainda, no elenco as atrizes Angélica Houston e Hale Berry, além do ator Mark Dacascos, consagrado por filmes de ação na década de 90. Alguns observadores notaram muitas semelhanças entre John Wick e os personagens Ethan Hunt (Tom Cruise) e James Bond (Daniel Craig), mas o Wick tem um estilo próprio de agir, bem menos requintado do que eles. Os produtores da série no cinema, animados com a boa repercussão, já planejam uma quarta continuação, em breve. Apesar do ator Keanu Reeves, que está com 54 anos, dizer que gostaria mais de fazer uma segunda continuação do detetive gótico do filme “Constantine”. Reeves parece ainda ter muita energia para mostrar nas telas.

Artigos relacionados

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios