Pais de Mc Melody terão que dar explicações ao Ministério Público

Os pais da MC Melody (Gabriella Abreu Severino), de 11 anos, serão forçados a dar explicações ao Ministério Público do Estado de São Paulo. Este apura as “condições do núcleo familiar” da funkeira.

Os pais (Thiago Abreu e Glória Daiane) receberam uma intimação no início desta semana para informarem se a menina está matriculada em alguma unidade de ensino. Melody é aluna de uma escola particular de São Paulo. Já a irmã dela, Bella Angel, de 14 anos, estuda em uma escola pública.

A família de Melody está sendo investigada em um Procedimento Administrativo Individual aberto este ano e que está em sigilo por tratar de diretos de pessoa menor de idade, segundo o MP.

Na última terça-feira, Thiago Abreu, conhecido como MC Belinho, anunciou que não cuidaria mais da carreira das filhas. Quem assumiu a função foi a ativista social Sabrina Bittencourt, que terá o auxílio de Glória Daiane. Sabrina foi indicada pelo youtuber Felipe Netto, que na semana passada criticou a sensualização de Melody em suas redes sociais.

A ativista foi a responsável por orientar a família a retirar do ar as contas das meninas nas redes sociais. Apenas no Instagram, Melody tinha 3,6 milhões de seguidores. Sabrina fará uma reformulação da carreira e do estilo das meninas. A mãe das meninas, que acusava o pai de impedi-la de opinar na carreira das filhas, acompanhará de perto as atividades profissionais das garotas.

Em entrevista exclusiva ao EXTRA, na última segunda-feira, Glória Daiane revelou que ela e Thiago estão se separando após 16 anos casados. Ambos ainda viviam na mesma casa, mas em quartos diferentes. A guarda de Melody e Bella ficará com a mãe.

Em nota publicada na terça-feira, além de anunciar o afastamento da carreira das filhas, MC Belinho pediu desculpas “pelos excessos cometidos” na administração da carreira das filhas.

Pais de Melody terão que se explicar ao MP Pais de Melody terão que se explicar ao MP Foto: Reprodução

“Venho a público pedir desculpas pelos excessos que cometi em relação à carreira das minhas filhas. Entendo que sou o principal responsável e que não pedi ajuda quando poderia ter feito isso. Peço desculpas à mãe das meninas pelos danos que lhe causei e por ter feito as pessoas acreditarem que eu era um pai solteiro.

A Daiane é uma excelente mãe, que acompanha as meninas na escola, que se preocupa com suas notas, que não falta em nenhuma reunião. Eu quis que ela cuidasse só da casa e da vida privada das nossas filhas e eu da parte da carreira”, escreveu ele no comunicado.

Ainda em sua entrevista ao EXTRA, Daiane afirmou que era contra a sensualização das duas filhas e culpou Thiago pelo estilo adotado pelas meninas.

— Nunca fui a favor (da sensualização). Sempre fui contra. Reclamava quando elas usavam roupas curtas, mas elas batiam o pé e o pai também. Nunca consegui ser presente nessa questão da carreira das duas porque estava trabalhando. De repente, comecei a ver minhas filhas com muita exposição e erotização. Reclamava muito. O problema é que ele (Thiago) nunca me escutou — contou.

Fonte: Extra

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios