PM baleada no assalto em Ananindeua recebeu alta

A PM que foi baleada, no último dia 19 de julho, no conjunto Guajará I, passou 16 dias internada na Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Ananindeua e, nesta última quinta-feira (08/08), recebeu alta. A soldado Kathlen Lima da Silva, de 23 anos, vítima que estava grávida de cinco meses, como consequência do baleamento perdeu o bebê.

No meio da tarde, a agente foi liberada do hospital e recebida pelo Batalhão de Polícia Tática. Se emocionou ao ver amigos policiais presentes e fardados. Para encerrar a recepção-homenagem uma oração, acompanhada por todos, deu um clima de agradecimento ao ato.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios