Policial militar feminina diz que matou o marido a tiros na RMB em legítima defesa

Investigada pela morte do marido (Thiago Valdiney Bezerra Dias, de 30 anos, a policial militar Alanna Patrícia da Cruz Barros, de 29 anos), ela afirmou em depoimento que o ato foi em legítima defesa, reagindo a agressões. A Justiça determinou que responderá em liberdade.

O acontecimento foi na madrugada deste domingo (16/06), por volta das 4:30, na Rua José Araújo, no Distrito Industrial, em Ananindeua, na Grande Belém.

Socorrido por parentes e encaminhado ao Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, Thiago Dias não resistiu aos ferimentos e faleceu. A arma usada no crime passará por análises da perícia.

Mostre mais

Artigos relacionados

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios