Tartaruga tem casco destruído por jet ski e morre em praia de Santos

Instituições ligadas à causa animal alertam para as mortes de bichos marinhos causadas pela ação humana

Uma linda e rara tartaruga marinha foi massacrada por um jet ski. Ela teve seu casco destruído e acabou morrendo, em Santos, litoral paulista. O animal foi encontrado boiando, por um banhista, que registrou o momento.

“Estava olhando para a praia quando percebi o jet ski passando em alta velocidade, na área onde algumas tartarugas costumam ficar. Eu estava a uns 200 metros dela. Vi a tartaruga boiando e a coloquei na minha prancha. Ela estava com dificuldade para respirar e com o casco completamente destruído”, conta Valdir Gomes, de 65 anos, morador da Ponta da Praia.

As imagens viralizaram nas redes sociais e despertaram comoção entre os internautas. Instituições ligadas à causa animal aproveitaram o triste episódio para alertar sobre as mortes provocadas pela ação humana.

O Instituto Gremar, por exemplo, que realiza o resgate e reabilitação de animais marinhos, afirmou que pelo menos 70% das mortes de tartarugas se dão por culpa do homem.

Segundo o portal G1, na última semana, outras duas foram encontradas mortas por banhistas, desta vez na orla de Praia Grande.

Muitas das tartarugas também são prejudicadas pelo descarte de lixo nos oceanos. A maioria confunde o plástico com alimento, e acaba morrendo. Outras, de acordo Rodrigo Valle, coordenador-geral do Instituto Biopesca, ainda são capturadas acidentalmente por redes de pesca.

O Biopesca recomenda que sejam informados casos de golfinhos, aves ou tartarugas marinhas encontradas vivas ou mortas em praias da região, por meio dos telefones 0800 642 3341, ou (13) 99601-2570, tanto por ligação quanto por Whatsapp.

Fonte: Noticias ao Minuto

Artigos relacionados

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios